dois pesos, duas medidas

 

quando algo no estômago me dói
disparo a pensar no que comi,
a partir de que horas começou,
se é a primeira vez.
saio desesperado em busca de padrões
quero explicações!

quando algum sentimento me corrói
vou fingir que nada percebi?
esperar até dizer que a dor passou?
abafar outra vez?
não ver que são minhas emoções?
viver de negações?

dois pesos, duas medidas
duas realidades que não são
do mesmo jeito resolvidas.



 


Buscar